FANDOM


História Editar

Apesar de todos os Lanternas Verdes serem escolhidos por sua honestidade e bravura, existem alguns na Tropa que chegam a ofuscar seus compatriotas ilustres. Esses guerreiros esmeraldas são promovidos à categoria da GUARDA DE HONRA da Tropa dos Lanternas Verdes. Durante todo o tempo de existência, a função da Guarda de Honra era proteger os Guardiões do Universo em Oa.

A formação original da Guarda de Honra ainda não foi revelada. Os Guardiões do Universo escolhíam os mais dignos da Tropa para serem membros da Guarda de Honra. É possível que Lanternas Verdes notáveis do passado como PALAQUA, TAU CIMFET e YALAN GUR tenham feito parte da Guarda de Honra.

Durante o séc. 20, era formado por KRYSSMA, APROS e TOMAR-RE. Pouco depois de sua aposentadoria da Tropa dos Lanternas Verdes, Tomar-Re fora introduzido na Guarda de Honra pelos Guardiões do Universo. Ele iria continuar a servir baseado em Oa, além de auxiliar na formação de novos membros da Tropa dos Lanternas Verdes, como ARÍSIA, do setor 2815. 

Durante a batalha contra NEKRON, Senhor dos Mortos-Vivos e o maltusiano renegado KRONA, a Guarda de Honra comandou a Tropa, na ausência dos Guardiões. Cada um dos três guardas comandaram uma divisão da Tropa contra os exércitos de mortos-vivos.

A CRISE NAS INFINITAS TERRAS cobrou um pesado tributo sobre todo o multiverso, bem como da Tropa dos LV. 25 % do efetivo da Tropa perdeu a vida durante a crise. Na Batalha da Lua Negra de Qward, Tomar-Re foi assasinado pelo criminoso terrestre ÁUREO.

Após a 1ª Crise, os Guardiões se juntaram com suas consortes Zamaronas e partiram para outra dimensão. Eles concederam a independência a Tropa dos Lanternas Verdes, mas a alguns soldados foram dadas tarefas específicas.Apros e Kryssma foram designados para proteger o ex-Guardião APPA ALI APSA em Maltus, bem como auxíliar na formação do Lanterna Verde GUY GARDNER. Os Guardiões determinaram que iríam permitir que Gardner continuasse podendo utilizar seu anel de poder, desde que ele obedecesse uma exigência: Gardner teria de receber treinamento em Maltus. Ele iria trabalhar com a Guarda de Honra e Appa Ali Apsa reconstruindo o mundo que foi devastado na crise. Gardner concordou com relutância. 

Gardner estava cheio de ira e desprezava as tarefas que ele era obrigado a executar. Ele foi considerado muito violento ao defender Maltus de um ataque de uma armada de naves de Palomaris, que precisavam de mulheres para seu mundo.Enquanto eles estavam em parte satisfeitos com o progresso de Gardner, a Guarda de Honra não poderia descobrir os seus planos de fuga. Quando tentou escapar de Maltus, os membros da Guarda confrontaram-no. Eles subjugaram Gardner com facilidade, e Apros invadiu sua mente, colocando-o inconsciente. Eles não informaram Appa Ali Apsa sobre o confronto, acreditando que não haveria uma segunda tentativa de fuga de Gardner. 

Durante uma tempestade de enxofre em Maltus, Guy viu a sua chance de escape e fugiu para a Terra. A Guarda de Honra persegui-o e estavam prontos para subjugá-lo e tomar o seu anel de poder, quando foram impedidos por HAL JORDAN. Os Lanternas Verdes da Terra ofereceram-se para manter Gardner sob sua responsabilidade, alegando que seria melhor para a sua aprendizagem em seu próprio planeta natal e para que se encaixasse na sociedade. Satisfeitos com essa oferta, a Guarda de Honra retornou com Appa Ali Apsa a Maltus. 

Tempos depois eles retornaram a Oa para o processo contra SINESTRO. A execução do renegado levou ao colapso da Bateria Central de Oa e reabsorção posterior de praticamente todos os anéis energéticos dos Lanternas Verdes. Kryssma teve papel importante na estabilização do restante do poder redisual da Bateria Central para a Tropa. Em contato telepático com todos os outros Lanternas Verdes, Kryssma acessou os dados da Bateria e descobriu sobre as orígens dos Guardiões e seu dispositivo de prevenção para que Oa não fosse destruído e todo o Universo acabase engolido por um buraco negro. Quando o anel de poder de Kryssma foi absorvido, ela involuiu a um estágio de crisálida. 

Alguns anos mais tarde, quando os Guardiões regressaram e reconstruíram a Bateria Central e reorganizaram a Tropa dos Lanternas Verdes, Kryssma foi encontrada por quatro crianças humanas cujas comunidades foram transplantadas para a OA. As CRIANÇAS-MOSAICO restauraram a sua forma humanóide, e ela finalmente voltou a Tropa. 

A queda da Tropa dos Lanternas Verdes nas mãos de Hal Jordan dominado por PARALLAX mais uma vez levou à reabsorção dos anéis de energia da Tropa.Muitos Lanternas Verdes tornaram-se alvos fáceis para seus inimigos e alguns tinham sido capturados por naves escravagistas. APROS foi um dos Lanternas Verdes capturados. 

Kryssma e dois outros Lanternas Verdes uniram-se a Guy Gardner, agora um híbrido humano-vuldariano conhecido como WARRIOR, na batalha contra os traficantes de escravos. Mais tarde ela filiou-se aos DARKSTARS sob a liderança do ex-Lanterna Verde JOHN STEWART. Ela fora assassinada defendendo Rann do ataque de GRAYVEN.

Após um período de inatividade, APROS foi reconvocado a compor a formação definitiva da Tropa dos LV, mas por enquanto, não compõe novamente a Guarda.

Guy Gardner e KYLE RAYNER foram estipulados pelos Guardiões para compôrem a atual formação da Guarda de Honra; dessa vez, liderando missões avançadas da Tropa.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória