FANDOM


Carol Ferris
[[Arquivo:{{{Imagem}}}|260px]]
Informações Gerais
Nome Verdadeiro Carol Ferris
Base de Operações Coast City
Criadores Julius Schwartz
John Broome
Gil Kane
Primeira Aparição Como Carol Ferris:
Showcase #22
Como Safira Estrela:
Lanterna Verde #16
Poderes e Habilidades
Habilidades Amor

História Editar

Carol Ferris era uma jovem executiva dirigindo a Ferris Aeronáutica e dividia sua paixão entre o piloto de testes Hal Jordan e o Lanterna Verde, sem saber da união entre ambos. Num certo dia, o avião em que voava foi atingido por estranha energia e teve de ser feito um pouso forçado em pleno deserto. Desacordada, recobrou a consciência dentro de uma espaçonave das guerreiras Zamaronas, que a identificaram como sua nova candidata a líder, para suceder a anterior, que estava falecendo. Ela recebeu poderes místicos gerados por um órgão de tubos, cuja música produzia a magia contida numa gema de safira. Como ela não queria, as zamaronas a hipnotizaram para que usasse seus poderes a fim de derrotar o que atrapalhava na sua decisão: seu coração preso ao Lanterna Verde. Sendo derrotada na batalha contra o herói, as zamaronas decidiram que ela não deveria ser a escolha certa para sua rainha. Utilizaram o órgão para retirar dela o poder e toda lembrança do ocorrido para, após, saírem do planeta. Contudo, deixaram a jóia safira no deserto, a qual foi confiscada pelo Lanterna Verde Hal Jordan, pois Carol Ferris não se recordava de nada.

Em sua casa ela era atraída pela jóia e, sendo vencida pela curiosidade, manipulou a jóia e tornou-se novamente a entidade. Suas memórias voltaram e a rainha decidira que, para tentar conciliar seu destino de reinar com o desejo de Carol de casar-se com o Lanterna Verde, iría forçar o herói a desistir de seu cargo e ser seu esposo. No processo, fora derrotada novamente e também perdera a memória pela 2ª vez. desta vez, Hal Jordan usou seu anel para vasculhar a mente de Carol Ferris e descobriu a verdade sobre sua dupla identidade. Enfrentando o herói pela 3ª vez, fora novamente derrotada e, após retornar à mente de Carol, Jordan a revela que ambas são a mesma pessoa.

Após alguns anos de negativas da parte de Carol em aceitar ser rainha das zamorianas, durante todo este tempo ela guardara a jóia. Após uma série de desentendimentos com Jordan e decepções com algumas coisas, resolveu, com relutância,  convocar as zamaronas através da jóia e elas lhes mostraram mais das vantagens de ser uma rainha. Contudo, ela ainda preferia viver como uma pessoa normal. Somente após Hal Jordan ser punido pelos Guardiões tendo de ficar 1 ano fora da Terra, que Carol caiu em depressão e passou a odiar suas perdas e fracassos. Acessando novamente a jóia, este ódio lhe deu forças para, desta vez, aceitar o encargo, pois agiu combinadamente com a influência do poder da pedra, criando sentimento de maldade no coração de Carol. isto acarretou uma divisão em sua personalidade em duas partes; uma parte, masculina, representava seu lado corajoso, capaz de lutar nas guerras financeiras e vencer num mundo machista; uma parte que desprezava as emoções e que apenas mantinha o amor próprio pela outra parte. esta parte manifestou-se sob a identidade de PREDADOR. A outra parte, a própria Carol, esqueceu todas as memórias, pois era isto que desejava.

Tempos depois, graças a uma intervenção de Hal Jordan sem poderes, o Predador tocou o órgão místico e sua personalidade uniu-se com a de Carol Ferris, surgindo a Safira estrela no lugar de ambos. Ela seqüestrara Jordan e o ameaçou de morte, deixando-o cair do céu. Resgatou-o na última hora e obrigou-o a aceitar ser seu esposo. Ele negou e, a partir dai, ela rejeitou Jordan e passou a tê-lo como inimigo a ser destruído.  Deixando-o sozinho no deserto, teleportou-se até Zamaron, na ocasião da morte da antiga rainha, a fim de ser coroada nova rainha das zamorianas.

Durante a Crise nas Infinitas Terras, fora convocada juntamente com outros vilões da Terra, para batalhar pela preservação do Universo positivo. Ao final, retornou para seu trono em Zamaron. Contudo, ao final da Crise, os Guardiões do Universo  compuseram um plano para a preservação de sua estrutura de controle universal, e este incluiria transportar todas as zamorianas ocultamente para Oa. Quando se deu conta, estava sozinha num reino deserto.

A seguir, aceitou formar um triunvirato com Hector Hammond e Guy Gardner, a fim de derrotar e destruir Hal Jordan, mas este conseguiu subjugar os 3 e levou-a como prisioneira até Oa. Lá, ela presencia a Convenção Geral entre os Guardiões e toda a Tropa dos Lanternas Verdes. Presencia as Zamorianas num embate de poder entre Nadia Safir, comandante da Guarda do Palácio, e um Guardião . Descobre que sua posição servia apenas à vontade das zamaronas. Era como uma chefe de estado, mas não chefe de governo.

Um ano após estes eventos, ela ainda amargava a perda do cargo efetivo e treinava sempre sua vingança contra Hal Jordan. Para chamar sua atenção, invade a casa de John Stewart e assassina Katma-Tui. Afinal Jordan a encontra e a enfrenta, prestes a tomar a decisão de executá-la. Mas seu apego à identidade de Carol Ferris o impede de mentalizar a vontade para o anel. Ela aproveita o instante para "virar o jogo" e através da jóia safira, o teleporta para Gólgota, o planeta-prisão, para lá ser torturado continuamente. Contudo , em seguida, fora nocauteada por um alienígena que toma sua gema safira e a rapta a um local desconhecido.

Confrontos com lanternas verdes Editar

1º confronto com Hal Jordan em GREEN LANTERN 16/ 1962: foi derrotada e destransformada pelo poder das Zamaronas, que deixaram a gema safira na Terra. Jordan capturou a gema e a deixou no museu de ítens de crimes não resolvidos, da Polícia.

2º confronto com Hal Jordan em GREEN LANTERN 26/ 1964: encontrou a gema safira no local e foi convertida novamente. Derrota Jordan num duelo, e no acordo ele tira a máscara dela para conhecê-la. Ao fazê-lo, ela volta ao normal e suas memórias de Safira Estrela são apagadas. Hal Jordan omite a verdade sobre o alter ego dela.

3º confronto com Hal Jordan em GREEN LANTERN 41/ 1965: levada pelas zamaronas em transe a manusear novamente a gema safira e converter-se novamente. Enfrentou a Safira-Estrela Dela Pharon e após ser a escolhida por Jordan, foi hospitalizada e voltou ao normal, ainda sem memórias do ocorrido.

4º confronto com Hal Jordan em GREEN LANTERN 73/ 1969: converteu-se novamente após manusear a gema safira engastada pelo antigo noivo num broche. Finalmente derrotou o Lanterna Verde, ordenando que sua gema o teleportasse ao espaço sideral em sua identidade secreta -que ela conhecia, mas como Safira, não conhecia Hal Jordan- e lobotomizou-o a fim de que se esquecesse de que era o Lanterna Verde.

5º confronto com Hal Jordan em GREEN LANTERN 74/ 1970: em sequência ao anterior, ela recebe sua gema de volta das mãos de Sinestro, mas luta contra o vilão. Em seguida ela é nocauteada por Jordan e torna a ser Carol Ferris. Nesta ocasião, Jordan revela a ela que ela era também a Safira Estrela. Carol rejeita a notícia e foge.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória